“A boa gestão de um condomínio garante proteção aos recursos dos condôminos”

0
219

Esta é uma observação do presidente do Conselho Regional de Administração de Santa Catarina

“A boa gestão de um condomínio garante proteção aos recursos dos condôminos”, é o que defende o presidente do Conselho Regional de Administração (CRA) de Santa Catarina, Evandro Fortunato Linhares. Para ele “o administrador é o profissional habilitado para o adequado desempenho administrativo e financeiro de um condomínio, já que a gestão eficaz de um condomínio envolve a Administração Financeira, a Administração de Materiais e a Administração de Pessoal, atividades estas, privativas dessa profissão”, disse.

E esta é uma das funções do CRA. Trata-se do órgão responsável pela emissão do registro profissional no Estado e atua como órgão consultivo, orientador, disciplinador e fiscalizador do exercício da profissão de Administrador e Tecnólogo em Administração. Atende atualmente a mais de 32 mil registrados, entre Administradores, Tecnólogos, estudantes e empresas que atuam nas áreas da Administração, com atuação em Florianópolis e mais 6 seccionais (Blumenau, Chapecó, Criciúma, Itajaí, Joinville e Lages.

E é por esta abrangência toda que Linhares defende a necessidade de um condomínio ter um administrador formado e registrado atuando no prédio. “Reconhecemos que, de acordo com o nosso Código Civil, qualquer pessoa, física ou jurídica, poderá ser eleita para o cargo de síndico. Assim, poderá ser síndico um morador ou um terceiro com experiência na área, podendo ambos contar com o apoio de uma empresa administradora de condomínios. Assim, podem os condôminos decidir em assembleia que vão repassar a gestão de seu patrimônio a uma empresa especializada, no caso, reiteramos, uma Administradora de Condomínios, devidamente registrada junto ao CRA-SC”, comentou.

E o papel do administrador de condomínio é amplo e complexo. Portanto cabe a ele, a elaboração de todos os demonstrativos financeiros referentes às despesas e receitas do condomínio, assim como gerenciar seus recursos financeiros do condomínio.

Poderão também ser prestados todos os serviços inerentes ao Departamento Pessoal, desde o recrutamento, seleção e treinamento dos funcionários, à confecção das folhas de pagamento e quitação dos encargos trabalhistas; serviços de apoio administrativo, tais como: confecção de atas e assessoria em assembleias e serviços de manutenção, assim como pagamento de contas e aquisição de materiais, além de outras atividades previstas na legislação supramencionada.

Para ser um administrador portanto, há a necessidade do registro no Conselho. De acordo com o Art. 15 da Lei 4.769/65, as empresas que exploram, sob qualquer forma, atividades no campo profissional da Administração, definidos tanto no Art. 2º, da Lei nº 4.769/65 quanto no Art. 3º de seu Regulamento aprovado pelo Decreto 61.934/67, serão obrigatoriamente registradas nos CRAs, portanto existe a necessidade do registro e esta autarquia possui legitimidade para fazer tal solicitação.

Destacamos ainda que a Lei N° 6.839/80, em seu artigo primeiro, determina que “o registro de empresas e a anotação dos profissionais legalmente habilitados, delas encarregados, serão obrigatórios nas entidades competentes para a fiscalização do exercício das diversas profissões, em razão da atividade básica ou em relação àquela pela qual prestem serviços a terceiros”.  

Segundo Linhares, Santa Catarina tem hoje 201 Administradoras de Condomínio registradas junto ao CRA-SC, além de muitas empresas que exploram tal atividade em processo de regularização ou sob fiscalização do Conselho. “Como já destacamos, a gestão eficaz de um condomínio envolve a Administração Financeira, a Administração de Materiais e a Administração de Pessoal, atividades privativas da profissão, motivo pelo qual fiscalizamos as empresas e seus responsáveis técnicos. O que sempre solicitamos à sociedade é que colabore com a fiscalização do Conselho, solicitando da empresa responsável pela assessoria condominial a apresentação do certificado de registro e regularidade emitido pelo CRA-SC”, falou Linhares.

E para garantir a maior abrangência tanto da atuação do CRA e da importância dele junto à sociedade, o órgão é um dos apoiadores do Workshop Síndicos Planning. O evento é voltado a síndicos e administradores de condomínios, e vai ocorrer no dia 20 de junho, no Auditório do  SECOVI, em Balneário Camboriú. “O CRA-SC tem todo o interesse em apoiar eventos e iniciativas que promovam a valorização do campo profissional da Administração. Além do respeito à Lei, a boa gestão de um condomínio garante proteção aos recursos dos condôminos, afinal um condomínio mal administrado gera prejuízos e transtornos a todos”, comentou.

O Workshop Síndicos Planning é organizado pela Inspiracom Marketing e Comunicação e conta com o Patrocínio da Altiva Brasil, Corrêa Materiais Elétricos, FSB Engenharia, Le Nôtre Paisagismo, Licent Prime, LP Elevadores, Montibeler Equipamentos, Personnalité Cobrancas, Roderjan Servicos Contabeis, SCI Sistemas Contábeis, Simblu, Sul Griffe Artefatos Domésticos, Valleblu Produtos de Higiene e Limpeza, e Apoio da ACIB, ACIBALC, BC Convention & Visitors Bureau, CasaHall Design District, CRA-SC, CREA-SC, Instituto GENE, NSC TV, Rádio Mix, Revista Área, SCGÁS, SECOVI-SC, SEAC-SC, SINDESP-SC e SINDUSCON.

Workshop Síndicos Planning – Balneário Camboriú
Data: 20 de junho de 2018 (quarta-feira)
Local: Auditório do SECOVI/SC – Rua 3160, n° 533, Balneário Camboriú-SC
Horário: 8h30min às 19h00min
Inscrições pelo link: https://bit.ly/2rIK3SR
Informações: (47) 3285-7462 ou contato@sindicosplanning.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário!
Seu nome