Playground é tudo de bom no condomínio

0
26

Ter um playground dentro do condomínio, além de valorizar o patrimônio condominial, traz mais segurança aos moradores e suas famílias. Os pais podem ficar tranquilos enquanto seus filhos se divertem ao ar livre, desenvolvendo suas habilidades motoras além de socializar com outras crianças.

Mas para isso acontecer efetivamente, algumas medidas precisam ser tomadas. Por isso, confira neste post, algumas dicas de como manter um playground no condomínio.

Cuidados e manutenção

Como em todas as áreas do condomínio, os cuidados e manutenção também são essenciais. É necessário fazer periodicamente uma vistoria para certificar-se que não há nada quebrado, além de sempre ficar atento ao desgaste natural dos brinquedos, como rachaduras, parafusos soltos, ferrugem ou tinta descascada, para que a manutenção seja feita o mais breve possível.

Outros cuidados que devem ser considerados para não pôr em risco a segurança das crianças, é a cautela com os cantos dos brinquedos, a asperidade, e se há existência de alguma superfície cortante.

A areia, utilizada para amortecer as quedas, também necessita de atenção especial: esse tipo de material precisa estar sempre limpo, já que pode reunir fungos e bactérias prejudiciais à saúde.

Regras

Regras de convivência e segurança para o uso do parquinho, como em todas as outras áreas de uso comum, também devem ser estabelecidas. Deve-se indicar a faixa etária para cada brinquedo, além definir um horário limite de funcionamento, para que as vistorias do playground aconteçam sem que as crianças estejam utilizando ao mesmo tempo. Sendo indispensável também o acompanhamento de um adulto para crianças menores de 12 anos.

Por motivos de higiene, deve-se proibir a entrada de crianças com alimentos para que estes não fiquem esquecidos e apodreçam no local, causando mau cheiro ou atraindo animais. Esses restos de alimento esquecidos podem ainda provocar vários tipos contaminação as crianças, causados por vermes e bactérias.

Vale lembrar que como em todas as regras, as regras estipuladas para o uso playground devem ser primeiro aprovadas em assembleia assim como a estipulação de multas e advertências como penalidades para as infrações.

Os brinquedos

Uma das maiores dúvidas perante o playground, é em relação ao tipo dos brinquedos. Além de certificar-se que os brinquedos se encontram dentro das regras da ABNT o síndico deve cogitar os tipos de materiais utilizados para sua fabricação.

Os brinquedos de plástico, por exemplo, são resistentes ao tempo e não possuem quinas afiadas, por isso são os tipos de brinquedos mais indicados, já que não comprometem a segurança das crianças. Sendo ainda mais leves e mais fáceis de limpar comparado aos outros materiais.

A madeira e o ferro também são muito utilizados, mas tem como suas principais desvantagens o desgaste com as oscilações do tempo. A madeira, além da demora para secar, corre o risco de inchar por conta da umidade. O ferro por sua vez, com o tempo fica enferrujado com facilidade, possuindo então uma durabilidade menor, se comparados ao plástico.

Lembre-se também que todos os brinquedos que não tem estabilidade da estrutura precisam estar em contato permanente com a terra, além de manter a distância de, no mínimo, 1,3 metros entre um brinquedo e outro. Outra dica, é a troca da grama sintética, ou das caixas de areia, por pisos de borracha, que diminuem o atrito com o chão em caso de queda, proporcionando ainda mais segurança e aumentando a aderência dos brinquedos.

Normas Técnicas

Embora não exista nenhuma lei que de fato defina e oriente a criação e o uso dos playgrounds, a Associação Brasileira de Normas Técnicas  (ABNT) estipulou a norma NBR 16071, que apresenta  todos os requisitos mínimos e necessários para a criação e manutenção de um parquinho no condomínio, e que deve ser seguida para garantir a segurança, durabilidade e acessibilidade dos playgrounds.

Gostou desse conteúdo? Tem muito mais! Fique por dentro de tudo sobre gestão condominial no Síndicos Planning.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário!
Seu nome