Portaria virtual para condomínios é uma boa opção?

A portaria virtual para condomínios é uma alternativa que muitos estão tomando como forma de deixar o espaço mais seguro, além de ajudar a reduzir os custos. Hoje, vamos falar sobre o que significa ter uma portaria remota e quais podem ser as suas vantagens e riscos. Confira:

 

Em que consiste a portaria virtual para condomínios?

Basicamente, a portaria virtual busca substituir porteiros presenciais por profissionais que têm acesso remoto aos portões e garagens do condomínio. Esses profissionais, por meio do uso de câmeras e da internet, ficam de olho nas portarias do condomínio 24 horas por dia.

Para que a portaria funcione, são necessários alguns equipamentos, como:

– Sistema de biometria ou aplicativo, para a entrada e saída de moradores;

– Abertura e fechamentos dos portões de forma remota;

– Internet com boa conexão e redundância;

– Câmeras;

– Nobreak (caso haja queda de energia);

– Cerca elétrica, responsável por proteger os perímetros do condomínio;

– Botão de pânico, para que os moradores possam pedir ajuda da empresa de
forma discreta em caso de emergência;

– Backup das imagens, que servirá para identificar qualquer anomalia que
possa vir a acontecer.

 

Quais são as vantagens e riscos?

As grandes e principais de ter uma portaria virtual são:

– O aumento da segurança no condomínio, já que, com profissionais que não estão presencialmente ali, possíveis intrusos não conseguem render o porteiro a fim de entrar no condomínio.

– Outro ponto essencial para a contratação desse serviço é a economia que ele pode gerar para o condomínio, já que contar com um porteiro presencial pode acarretar em diversos custos.

Porém, apesar desses pontos positivos, há também desvantagens em ter uma portaria remota. Essa portaria dependerá, por exemplo, de um gerador e de uma boa conexão de internet para funcionar 100%. Portanto, vale a pena analisar bem se esse formato vale a pena para o seu condomínio.

Além disso, vale lembrar que todo o condomínio, tanto moradores quanto funcionários, precisam se adaptar a esse novo formato. Considerando esse aspecto, essa é uma decisão que deve ser tomada em conjunto, mediante aprovação em assembleia.

Lembrando de que é importante levar em conta todos os aspectos necessários para tomar essa decisão: o seu condomínio tem estrutura para a implementação de um sistema assim? As pessoas irão de acostumar a esse novo formato? Levando em conta os prós e contras, qual é a melhor decisão? Agora é só analisar o que vale mais a pena para o seu condomínio!

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário!
Seu nome